Madre de Deus:

De virada, Bahia bate Santos por 3 a 1 e cola no G-7

Publicado dia 17/11/2017 às 07h49min
Tricolor permaneceu na 9ª posição do Brasileiro, com 49 pont os, mas ficou com apenas um atrás da zona de classificação para a Libertadores

Em jogo quente, o Esporte Clube Bahia conquistou mais três pontos importantes no Campeonato Brasileiro ao vencer o Santos, de virada, por 3 a 1, em partida disputada na noite desta quinta-feira (16), na Arena Fonte Nova.

Com o resultado positivo, o Tricolor permaneceu na 9ª posição na tabela do torneio, com 49 pontos. No entanto, o Esquadrão se aproximou mais da zona de classificação para a Copa Libertadores e está a um ponto do Flamengo, que assume o 7º lugar.

Primeiro tempo – Os anfitriões começaram com tudo no ataque. Logo no início do jogo, o atacante Mendoza fez boa jogada e cruzou em direção à área, porém o goleiro Vanderlei subiu e ficou com a posse. Na sequência, foi a vez dos visitantes. O meia Lucas Lima fez belo lançamento para Ricardo Oliveira, que bateu de primeira. A bola foi nas mãos de Jean.

Aos 16 minutos, gol do Santos. Depois de uma bobeira da zaga tricolor, o atacante Bruno Henrique apareceu sozinho entre os marcadores e empurrou para dentro. Após inaugurar o marcador, o Peixe começou a gostar do jogo. Aos 19, Ricardo Oliveira recebeu pela esquerda, entrou na área e bateu cruzado. A bola passou muito próxima da meta.

Aos 21 minutos, Zé Rafael invadiu a área santista e foi derrubado. Pênalti para o Bahia. Mendoza cobrou e deixou tudo igual na Fonte Nova.

Aos 33, falta perigosa a favor do Bahia. O goleiro Jean se aproximou para fazer a primeira cobrança como profissional. O camisa 1 do Esquadrão chutou forte, mas a bola desviou na barreira e foi para escanteio. Sem grandes lances, o árbitro encerrou a etapa inicial.

Foto: Marcelo Malaquias/EC Bahia

Foto: Marcelo Malaquias/EC Bahia

 

Segundo tempo – O técnico Paulo César Carpegiani preferiu não fazer mudanças na equipe durante o intervalo.

Aos 9 minutos, depois de um contra-ataque fulminante, foi a hora da virada do Tricolor. Após cruzamento de Zé Rafael, o meia Alison, do Santos, tentou cortar e mandou contra o próprio patrimônio. Festa azul, vermelha e branca nas arquibancadas.

Aos 15, grande chance desperdiçada pelo time alvinegro. O centroavante Vladimir Hernández cruzou pela direita e Ricardo Oliveira ganhou no alto. O atacante trabalhou com Bruno Henrique, que finalizou. A bola passou muito próxima do gol e assustou os tricolores.

Aos 33 minutos, pênalti para o Bahia. Edigar Junio recebeu dentro da área cara a cara com Vanderlei, mas foi derrubado pelo lateral Jean Mota. O próprio atacante fez a cobrança e ampliou o placar. Sem tempo para mais nada, o árbitro catarinense Sandro Meira Ricci encerrou o duelo: 3 a 1 para os donos da casa.

Sequência – Agora, o próximo compromisso do Esquadrão será diante do Sport Recife. As equipes se enfrentam no domingo (19), às 16h (horário local), na Ilha do Retiro, em Pernambuco.

 

"Siga o Madre sem Média, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Fale conosco: 71 9 8750 7370".


Publicidade

Vídeo da Notícia


Áudio da Notícia

Fonte: Bahia.BA

Compartilhe