Mader de Deus

Madre de Deus: Vereador chama secretário de mentiroso

Publicado dia 19/02/2016 às 10h42min | Atualizado dia 19/02/2016 às 13h36min
200 pessoas de São Francisco, buscaram oportunidade de emprego em Madre de Deus.
O vereador Adailton do Suape, chamou o secretário de desenvolvimento econômico e emprego, Janatan Silva de mentiroso. A discussão aconteceu na manhã desta quinta-feira (18) na biblioteca municipal, em Madre de Deus. Em virtude  das vagas de emprego prometidas pelo prefeito Jeferson Andrade  através da concessão entre o município  e  a empresa Tel.
 
— Segundo o alcaide, a parceria com a empresa geraria 1,5 mil  vagas de emprego para moradores da cidade.
 
 Algumas conduções próximas ao sine, chamaram a atenção dos desempregados da localidade. Suape disse a Madre sem Média que o secretário havia afirmado que foram selecionadas em Madre de Deus 1,2 mil pessoas, depois voltou atrás, retificando que foram selecionados 600 munícipes. "Mentira dele, foram selecionadas em Madre de Deus 136 pessoas", declara.  Ainda conforme Suape, era previsto no convenio vagas para São Francisco e Candeias. " Agora porque o prefeito não falou isso na divulgação?", Retruca.  
 
Buscando essas oportunidade de emprego, 200 'forasteiros' participaram da seletiva  no município. Foi assim para Andressa Costa Oliveira, de 22 anos. " O sine de São Francisco me ligou, informando que eu havia sido selecionada para uma entrevista em Madre de Deus", disse. A amiga de Andressa, Jucelia Cordeiro dos Santos, de 19 anos, também moradora de São francisco, informou que passou na entrevista.  "Agora, é só aguardar a convocação",celebrou.    

Por outro lado, A moradora da "cidade ilha", Ana Santos conta que, os jovens da cidade estão sendo intitulados como incompetentes. "Antes de chamar todos de Madre de Deus pra seleção, já está vindo o povo de São Francisco", ela finaliza dizendo, que se houve algum acordo não é a população da cidade que deve pagar.   

O secretário de desenvolvimento econômico e emprego, Jantan Silva  informou que não foram disponibilizadas vagas para São Francisco,segundo ele, a cidade está apenas participando do processo seletivo. Ainda de acordo com secretário, aqueles que perderam a primeira seleção, podem voltar a fazer após 90 dias. Silva reforça, que a prioridade das vagas de emprego, são para  moradores da cidade. Apesar disso, ele conclui  dizendo que não sabe quantas pessoas do município vizinho poderão passar na seleção.

 

Veja o vídeo abaixo


Vídeo da Notícia


Áudio da Notícia

Fonte: MADRE SEM MÉDIA.COM.BR

Compartilhe