Economia

Aumento no combustível deve deixar conta de luz mais cara; entenda

Publicado dia 28/07/2017 às 07h57min | Atualizado dia 28/07/2017 às 08h11min
O argumento da Agência é que a alíquota de PIS e Cofins para o óleo diesel saltou de R$ 0,21 para R$ 0,46 a cada litro.

O aumento no preço dos combustíveis também deve gerar outros impactos no bolso do consumidor. De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a mudança também vai afetar a conta de luz no país.

 

De acordo com o diretor da Aneel André Pepitone, o aumento deve se refletir principalmente na chamada Conta de Consumo de Combustível (CCC). Essa conta reúne recursos para bancar parte do gasto com a compra de combustível que abastece as termelétricas instaladas no Norte do país.

 

O argumento da Agência é que a alíquota de PIS e Cofins para o óleo diesel saltou de R$ 0,21 para R$ 0,46 a cada litro. Como o diesel é usado em parte das termelétricas que geram energia no país, o aumento é repassado na conta de luz. De acordo com o Ministério de Minas e Energia, o governo avalia a questão. “Está estudando os efeitos do aumento de PIS/Cofins sobre combustíveis na tarifa de energia elétrica.”

 

Apesar de a CCC beneficiar apenas estados do Norte, consumidores de todo o país contribuem para a conta. Em 2017, os brasileiros terão que pagar R$ 5,056 bilhões para a CCC, via conta de luz. Entretanto, nem todo esse dinheiro vai ser usado para a compra de óleo diesel.

 

A Aneel não soube informar o impacto do aumento de tributos sobre o diesel na CCC.


Publicidade

Vídeo da Notícia


Áudio da Notícia

Fonte: MADRE SEM MÉDIA.COM.BR

Compartilhe